Topo

Papo de vagina


Coletor menstrual: tire principais dúvidas na hora de usar

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Marcos Candido

Da Universa

2019-04-18T04:01:00

18/04/2019 04h01

Chega de dúvidas sobre o "copinho", ou o coletor menstrual. O método é o preferido por muitas durante o período menstrual, e é bem simples. Universa explica:

Dói?

Não é para doer. Se estiver doendo, é porque foi colocado de alguma maneira errada. Vale observar a embalagem com um guia sobre como dobrar e introduzir de maneira indolor e tranquilo. Se doer demais, busque uma ginecologista!

Vaza?

Vazamentos não são comuns e costumam acontecer por má introdução do copinho. Se sentir, por acaso, que vazou, retire-o, lave e depois coloque de volta. Os copinhos já têm um tamanho até um pouco maior para comportar do fluxo mais fraco ao intenso.

Quanto tempo eu fico com o copinho?

O indicado é até 12 horas, a depender do fluxo. Dá para dormir, ir ao trabalho ou sair sem precisar se preocupar em esvaziar o sangue.

Como eu lavo?

Lave com sabão neutro e água corrente cada vez que retirar o coletor. Assim que acabar o ciclo menstrual, coloque em uma panelinha. Ferva por 10 minutos. Não precisa ferver a cada retirada, só uma vez por ciclo. Quando iniciar um novo ciclo menstrual, lave com água morna e sabão e introduza novamente.

Rompe o hímen?

Sim, é possível haver rompimento do hímen. Mas, mais do que física, a virgindade é uma questão social. Usar o copinho antes de uma penetração sexual -- para mulheres hétero, bi ou lésbicas -- não quer dizer que você não é mais virgem. Depende do que você prefere e acredita.

O coletor vai deixar alargar minha vagina?

Não. A vagina é flexível e volta para o lugar. Tudo nos conformes.

O copinho vai sumir dentro de mim?

"O canal vaginal termina no colo do útero e não existe a menor possibilidade de o coletor menstrual se perder dentro da vagina", explica a ginecologista Guísella De Latorre.

Mas cheira mal?

O sangue menstrual coletado pelo copinho fica dentro de você e não escapa. Como não tem contato com o oxigênio, nenhum cheiro se propaga. Na hora de tirar, pode acontecer de ter o cheiro do canal vaginal normal.

Existem tamanhos diferentes de copinho?

Sim. Marcas como Inciclo e Fleurity têm tamanhos de acordo com algumas características da mulher. Por exemplo, há copinhos para mulheres com mais de 30 anos ou que já foram gestantes e também para mulheres com menos de 30 anos que não tiveram experiência do parto.

A diferença, nesses casos, costuma ser a largura e tem a ver com a elasticidade do assoalho pélvico. Ao longo da vida, o assoalho é alterado de acordo com a idade ou durante uma gestação. Observe no rótulo das embalagens para ter certeza de que está comprando o certo. Evite vazamentos.

É possível fazer xixi normalmente enquanto com o coletor?

Sim. O sangue sai por um lugar diferente do xixi. Ou seja: não é preciso retirar o coletor na hora de urinar. O copinho fica em um "local separado" de onde sai o xixi. A menstruação não sai pela uretra, que é de onde passa a urina. Fique tranquila.

Dá para fazer atividade física?

Sim. Coloque o copinho e vá para a academia, para o futebol e até para a natação se você quiser. Diferentemente da realidade dos absorventes, não há riscos de incidentes desse tipo com o coletor menstrual.

Posso cortar um pouquinho se houver desconforto?

Para o ginecologista Georges Fassolas, sim. A técnica é comum para quem não se sentiu muito à vontade com o tamanho padrão dos modelos de copinho. "Cuidado para não cortar curto demais", explica o médico. Como sempre, evite vazamentos!

Devo ter nojo da minha menstruação?

Não. O elo entre impureza e menstruação é comum em muitas culturas, mas a menstruação mostra que seu corpo está funcionando normalmente. Descarte o sangue na privada, pia ou onde quiser.

(Fontes: Ginecologista Guísella De Latorre, parceira da Fleurity; Georges Fassolas, diretor da Clínica Vivitá; inCiclo)