menu
Topo

Violência contra a mulher

#MeToo faz um ano e é tema da capa da revista "The Economist"

Reprodução
Imagem: Reprodução

Da Universa

01/10/2018 10h42

Um ano depois de surgir com as denúncias contra o produtor de Hollywood Harvey Weinstein, o movimento #MeToo está em plena atividade agora nos círculos políticos dos Estados Unidos e estampa a capa da última edição da revista "The Economist".

Nas últimas semanas, americanos estão de olho nas audiências do Senado e investigação do FBI sobre o juiz Brett Kavanaugh, candidato à Suprema Corte acusado de abuso sexual.

Veja também

Remontando o histórico do peso que acusações de assédio têm no cenário político norte-americano desde os anos 1960, a revista relembra a renúncia de nove membros do Congresso por esse motivo, além de oficiais da Casa Branca e três candidatos que saíram de suas campanhas pelas denúncias.

A publicação crava que o campo de batalha motivado pelo movimento está longe de solução.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!