menu
Topo

Universa

Lily Allen conta que contratou prostitutas quando teve depressão pós-parto

Getty Images
Lily Allen Imagem: Getty Images

da Universa, em São Paulo

02/09/2018 12h50

Mãe de duas meninas, de 7 e 5 anos, Lily Allen entrou em "um período sombrio" como ela descreve os meses seguintes ao nascimento da caçula, Marnie, em 2013.

Em suas redes sociais, a cantora contou aos fãs neste sábado (1) que contratou prostitutas com quem fez sexo durante sua turnê do disco "Sheezus", de 2014, fato este que ela afirmou esclarecer em sua biografia "My Thoughts Exactly", que será lançada em 20 de setembro.

Veja também

"Eu dormi com prostitutas durante a turnê porque eu estava perdida, me sentindo sozinha e procurando algo [para aliviar]. Não me orgulho, mas não estou envergonhada. Eu não faço mais isso", escreveu.

Segundo o jornal britânico "Daily Mail", Lily estava enfrentando uma depressão pós-parto na época e lidava também com problemas em seu casamento com Sam Cooper, de quem se divorciaria em 2016. Em uma entrevista recente à "Vulture", ela afirmou:

"Eu me perdi de quem eu era. Perdi minha identidade. Eu era uma péssima mãe, péssima no meu trabalho. Acordava no ônibus da turnê no meio de Wisconsin com tanta ressaca. Eu traí meu marido". 

Lily já havia sofrido um aborto espontâneo em 2008, período em que foi diagnosticada com transtorno de estresse pós-traumático e bipolaridade. Ela se submeteu a tratamento em uma clínica psiquiátrica por três semanas naquele ano. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa