menu
Topo

Diversidade

Donald Trump finalmente deu um passo à frente com a comunidade LGBTQ

Tom Pennington/Getty Images
Donald Trump Imagem: Tom Pennington/Getty Images

Da Universa

08/06/2018 15h59

Na quinta-feira (7), Donald Trump surpreendeu ao escolher Mary Rowland como juíza federal, sendo sua primeira nomeação judicial relacionada à comunidade LGBTQ durante o seu governo.

Lésbica assumida, Rowland foi escolhida para assumir um assento vitalício no Tribunal Distrital dos Estados Unidos, no estado de Illinois. A juíza é magistrada há cinco anos e trabalhou durante 12 como sócia em um escritório de advocacia em Chicago e outros dez no Departamento de Defesa.

Veja também

A atitude do presidente norte-americano é um marco, visto que dos quase 140 indivíduos -- escolhidos por ele -- que ocupam cargos judiciais no país, Rowland é a única abertamente lésbica, nadando contra uma maioria de colegas que se declaram como “anti-LGBT”.

Segundo o "Huffington Post", Trump não demonstrou interesse em emitir comunicado que manifestasse algum tipo de aproximação na relação com a comunidade LGBTQ.