menu
Topo

Política

Comediante americana acaba com Trump em discurso na Casa Branca

Reprodução/Instagram
Michelle Wolf Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

30/04/2018 15h11

A comediante Michelle Wolf fez de tudo, menos pegar leve com Donald Trump durante o famoso jantar dos correspondentes na Casa Branca, no sábado (28).

Além de ter acabado com o presidente americano, Michelle não poupou Ivanka Trump, uma das filhas do político, nem Sarah Sanders, atual porta-voz da Casa Branca.

Veja também

“Como uma atriz pornô diz logo antes de fazer sexo com Trump: ‘vamos acabar com isso logo”, disse, em uma das primeiras frases de sua fala. A comediante fez alusão ao recente escândalo envolvendo o presidente americano e a atriz pornô Stormy Daniels.

Deixando a plateia embasbacada logo no início, Michelle continuou a fazer referências diretas ao comportamento de Trump em relação às mulheres, e relembrou a infame frase em que o presidente foi gravado dizendo a um amigo que quando queria se aproximar de uma mulher, ele simplesmente as ‘pegava pela buceta’.

“Trump não está aqui. Eu o pegaria e arrastaria até aqui, mas aparentemente ele é a única buceta (a palavra ‘pussy’, usada pela comediante, também pode ser interpretada como covarde) dos Estados Unidos que você não pode pegar”, disse.

Sobre Ivanka Trump, Michelle disparou, entre outras críticas: “Ela supostamente tinha que ajudar as mulheres, mas ela é tão útil para nós como uma caixa de absorventes internos vazia.”

A porta-voz da Casa Branca ficou sem reação ao ouvir o que Michelle reservou a ela: “Sarah Huckabee Sanders, eu te amo como amaria a Tia Lydia de 'Handmade’s Tale'", em alusão à matrona e perversa personagem da série americana.

Desconhecida do grande público, Michelle, 35, já trabalhou como roteirista no "Saturday Night Live" e no "The Daily Show with Trevor Noah", duas atrações americanas. Também teve um especial de stand-up lançado recentemente pela HBO americana.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!