menu
Topo

Política

Aos 29 anos, ex-garçonete latina é eleita a deputada mais jovem dos EUA

Scott Eisen/Getty Images
Imagem: Scott Eisen/Getty Images

Da Universa*

07/11/2018 15h53

Alexandria Ocasio-Cortez cumpriu as previsões e se tornou a deputada mais jovem já eleita na história dos Estados Unidos nas midterms, eleições nos Estados Unidos que decidiu quem vai ocupar a Câmara e o Senado do país nos próximos quatro anos.

Aos 29 anos, Alexandria, de origens latinas e ex-garçonete, é filha de mãe porto-riquenha e pai norte-americano. Ela integra a ala mais à esquerda do partido Democratas Socialistas da América em Nova York.

Veja também

Segundo a EFE, Ocasio alcançou uma porcentagem de apoios superiores a 76%, frente ao candidato republicano no distrito 14 -- que inclui o Bronx e o Queens --, Anthony Pappas.

Rick Loomis/Getty Images
Imagem: Rick Loomis/Getty Images

Uma de suas principais metas é defender os direitos desses condados com acesso à saúde para todos, garantia de empregos a abolição da Agência de Imigração e Alfândega.

"É algo muito especial, é um momento muito emocionante para mim e para a minha mãe. Eu nasci neste bairro e votar e ter o meu nome neste papel é algo incrível, não há palavras. Isso foi possível por causa do esforço coletivo da comunidade. Nossas ações são poderosas e capazes de promover mudanças", declarou, em espanhol, a candidata democrata. “Nosso bairro está muito orgulhoso. Somos latinos, trabalhadores e imigrantes. Não temos a representatividade que merecemos e precisamos. ”

A eleição de Ocasio-Cortez, junto ao fato da recuperação do controle da Câmera Baixa pelo Partido Democrata, vem de encontro aos discursos extremistas e pouco tolerantes sobre as políticas imigratórias as quais o presidente Donald Trump vem defendendo.

* Com informações da EFE