menu
Topo

Diversidade

Felipe Neto é acusado de transfobia após vídeo adivinhando "sexo biológico"

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Da Universa

12/09/2018 15h01

No domingo (9), Felipe Neto lançou um vídeo no seu canal -- que tem mais de 25 milhões de seguidores -- em que propôs um jogo aos internautas: “teste seu conhecimento: é homem ou mulher?”, diz o título da gravação.

Na “brincadeira”, o youtuber logo de início já ressalta que quer evitar “reboliço” e reafirma estar colocando em pauta apenas o “sexo biológico” das pessoas que fazem parte do vídeo.

Veja também

Com mais de 1,8 milhão de visualizações, Felipe Neto chega a falar em determinado momento que “ficaria bolado se fosse um homem porque achou atraente”. 

O vídeo provocou enorme repercussão negativa nas redes sociais. Youtubers trans, que usam seu canal como meio de conscientizar outros jovens, se manifestaram como resposta à “brincadeira” de Felipe Neto.

Lucca Najar

"Eu estou há dois anos aqui no YouTube tentando desconstruir exatamente isso que você chama de sexo biológico. Se você entrar em qualquer vídeo meu aqui do canal você vai ver vários comentários falando que eu nasci mulher.”

Thessita

“Esse conteúdo é muito errado. Você joga a foto de uma mulher e aí, a pessoa tem que descobrir se ela é mulher, como se fosse homem. Isso reforça a transfobia e normatividade da sociedade.”

No Twitter, muitas pessoas se posicionaram contra a atitude de Felipe

Em resposta ao vídeo de Thessita, o youtuber reforçou que seu ponto era fazer um jogo que “precisava descobrir qual era o sexo biológico de alguém e não um jogo onde precisávamos descobrir se alguém era transexual”. Leia na íntegra:

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!