Topo

Relacionamentos

Lésbicas têm vida sexual mais feliz do que mulheres héteros, diz estudo

Divulgação
Cena do filme "Azul é a Cor Mais Quente" Imagem: Divulgação

Da Universa

13/07/2018 20h16

Mulheres que se relacionam com mulheres têm vida sexual mais satisfatória do que as heterossexuais. 

De acordo com estudo da Public Health England deste ano, apenas metade das mulheres entrevistadas está feliz com a vida sexual -- mas entre as lésbicas o índice é muito maior: pode superar os 70%. 

Veja também: 

Segundo estudos publicados em 2014 no "Journal of Sexual Medicine", enquanto as mulheres que transam com mulheres gozam 75% do tempo do sexo, as heterossexuais "chegam lá" em apenas 61% do tempo. 

Entre os homens, por outro lado, a diferença entre o prazer dos gays e dos héteros é mínima: 85% e 86%, respectivamente. 

O motivo? "É simples: as mulheres lésbicas sabem onde é o seu clitóris e sabem o que fazer para conseguir um orgasmo. Eles não precisam mostrar ao parceiro o que fazer, o que significa que sua satisfação sexual é maior", explicou Matty Silver, terapeuta de saúde sexual, em entrevista ao "The Guardian". 

Sue Mann, consultora de saúde pública responsável pela pesquisa da Public Health England, acrescenta que muitos homens deixam as preliminares de lado e acreditam que a parceira vai gozar apenas com a penetração, mas apenas 20% das mulheres, segundo a pesquisa, "chegam lá" sem estimulação clitoriana. 

"É uma das razões pelas quais muitas mulheres heterossexuais falsificam seu orgasmo", diz Mann. 

Idade

Um dado interessante da pesquisa é que, de acordo com as 7 mil entrevistadas, o sexo melhora com o passar do tempo. 

Enquanto 50% das mulheres de 25 a 34 anos se dizem satisfeitas com a vida sexual, o número cresce para 71% na faixa etária de 55 a 64 anos. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!