menu
Topo

Autoestima

Alinne Rosa diz que não busca mais corpo "ideal": "Nunca estava satisfeita"

AgNews
A cantora Alinne Rosa Imagem: AgNews

Carolina Martins

Colaboração para Universa

04/07/2018 11h04

Alinne Rosa garante que foi-se o tempo em que só pensava em malhar e fazer dietas para ter o corpo "ideal". "Já fui muito neurótica e sofri bastante. Não estou me dedicando muito mais, não. Olhava para o espelho e nunca estava satisfeita. Hoje me policio, buscando em mim algo de que eu goste", disse a cantora à Universa, durante evento de beleza, em São Paulo, na noite de terça-feira (3).

A baiana, de 36 anos, contou que sofre pressão de fãs e da mídia. "Já me senti (cobrada) por todos os lados e já me cobrei muito também. Mas isso é um exercício diário. O meu ideal hoje é amar minhas imperfeições. Busco amar meu corpo e me amar cada vez mais."

Veja também

Exposição no Instagram e depressão 

Em tempos de exaltação de corpos "perfeitos" no Instagram, Alinne tenta manter a cabeça no lugar quando o assunto é se expor. "É bom mostrar uma foto em que estamos gostosas, mas essa neurose não é saudável. Estou começando a me aceitar e amar a dobrinha, a estria, a celulite. Não vou pirar por conta disso."

A cantora acredita que muitas mulheres chegam a ter depressão por conta da insatisfação e da cobrança com o corpo. "Eu já pirei e minhas amigas também. Quantas mulheres não se sentem infelizes com seus corpos? Várias não vestem uma roupa por medo de serem julgadas como feias e gordas. Vamos amar nossas bundas com gordura e celulite! Eu sei que é difícil, mas nossa mente pode ser nossa pior inimiga ou a melhor aliada."