menu
Topo

Violência contra a mulher

Vídeo machista de torcedores brasileiros contra estrangeira causa revolta

Reprodução
Torcedores constrangem estrangeira com canto machista Imagem: Reprodução

Da Universa

17/06/2018 20h20

Desde sábado (16), um vídeo em que torcedores brasileiros fazem um canto machista para constranger uma mulher estrangeira tem gerado revolta nas redes sociais -- e já alcança a marca de 25 mil compartilhamentos no Facebook. Usuários na rede buscam os autores e acusam o grupo do vídeo de machismo.

No vídeo, uma mulher, que aparentemente não fala e não entende português, é rodeada por homens que usam a camiseta da seleção brasileira. Eles gritam em coro “boceta rosa”, se referindo à genitália da mulher. Desconcertada e visivelmente sem entender o que é dito, ela tenta reproduzir o canto a pedido de um dos homens. Os torcedores tiram selfies e continuam a cantar em coro. 

Veja também

A filmagem parece ser feita na Rússia, onde o Brasil empatou com a Suíça em 1 a 1 neste domingo (17).

“Ódio! Fico pensando como ela deve estar se sentindo ao descobrir o significado da frase. Devem ser responsabilizados por isso!”, comenta uma usuária no Facebook.

O vídeo também circulou no WhatsApp, no Twitter e no YouTube. “Aproveitam o desconhecimento dela da língua portuguesa para abusar da cordialidade. Isso tem que ser denunciado”, publicou um usuário no Twitter junto ao vídeo que contabiliza mais de 16 mil interações na rede. 

Reprodução/Instagram/@diegojatoba
Diego Jatobá (à dir.) seria um dos homens em vídeo na Rússia Imagem: Reprodução/Instagram/@diegojatoba

A reportagem tentou entrar em contato por meio das redes sociais com um dos homens que supostamente pertence ao grupo e que foi identificado por usuários do Facebook, mas não obteve retorno. Ele seria o advogado Diego Valença Jatobá, ex-secretário de Turismo de Ipojuca (PE). 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!