menu
Topo

Violência contra a mulher

Homem é preso em flagrante por assediar passageira no metrô de São Paulo

Flavio Florido/Folha
O acusado será investigado com ajuda das câmeras de segurança do vagão Imagem: Flavio Florido/Folha

Da Universa

12/06/2018 17h00

Um homem de 32 anos foi preso depois de abusar sexualmente de uma passageira na segunda-feira (11), dentro de um vagão do metrô de São Paulo. 

De acordo com a Polícia Militar, o agressor teria aberto o zíper da calça, colocado o pênis para fora e mostrado à vítima, tentando encostar nela. 

Veja também 

Quando a vítima reagiu, próximo à estação Pedro II, da Linha 3-Vermelha, o homem saiu correndo e desceu na próxima estação, mas foi reconhecido pela polícia e preso em flagrante próximo à Rua 25 de Março, no centro da cidade. 

Na delegacia, ele foi indiciado por violação sexual mediante fraude e será investigado, com a ajuda das câmeras de segurança do vagão. 

Em resposta enviada à Universa, o Metrô de São Paulo afirmou condenar a prática de crimes dentro ou fora do transporte público e coloca 3 mil agentes de segurança e de estação, treinados e preparados para atender e acolher as vítimas dentro do sistema metroviário, a fim de coibir ações como essa.

"Na manhã de ontem (11), um indivíduo suspeito de assédio a uma usuária do Metrô, na Estação Pedro II da Linha 3-Vermelha, foi detido pela Polícia Militar nas proximidades da Avenida Alcântara Machado e, posteriormente, encaminhado para a 1ª Delegacia de Defesa da Mulher.

O Metrô de São Paulo condena a prática de crimes dentro ou fora do transporte público. Para coibir este tipo de crime, a Companhia possui uma rede de auxílio com mais de 3 mil agentes de segurança e de estação, treinados e preparados para atender e acolher as vítimas dentro do sistema metroviário que é monitorado por câmeras de vigilância instaladas nas estações e trens, para ajudar na identificação dos infratores. Além disso, os passageiros têm à sua disposição o aplicativo de celular “Metrô Conecta” e o serviço SMS-Denúncia do Metrô (97333-2252) por onde podem enviar informações, fotos e vídeos de ocorrências e, com isso, possibilitar o deslocamento imediato dos seguranças para o local da ocorrência. O usuário pode ainda informar o fato imediatamente a qualquer funcionário do Metrô."