Violência contra a mulher

Produtora escreve livro detalhando assédios e inicia #MeToo na música

iStock
Livro está previsto para ser lançado em setembro, nos Estados Unidos Imagem: iStock

Da Universa

31/05/2018 10h59

Depois que denúncias de assédio derrubaram verdadeiros gigantes de Hollywood, chegou a vez da indústria da música. A produtora Dorothy Carvello está escrevendo um livro detalhando dezenas de casos de abuso sexual em gravadoras como a Warner, a Sony e a Universal. 

Com "Anything For a Hit: An A&R Woman's Story of Surviving the Music Industry" ("Tudo por um hit: a história de uma mulher que sobreviveu à indústria da música", em tradução livre), ela se torna a primeira mulher a escrever sobre o assunto depois da era #MeToo. 

Veja também: 

O manuscrito ainda está sob sete chaves e revisores da Chicago Review Press, editora que vai publicar o livro, tiveram que assinar termos de sigilo. O que se sabe é que o ex-diretor da Warner Doug Morris e o vocalista dos Rolling Stones Mick Jagger estão entre os citados – o último, como "chauvinista misógino". 

Dorothy Carvello começou a trabalhar como produtora há mais de 25 anos, na Atlantic Records. "Trabalhando 12 horas por dia e atendendo a todos os telefonemas de Ahmet Ertegun [ex-diretor da gravadora], vi tudo o que acontecia ali", disse, em entrevista à "Variety".

Ela conta que, nos anos 1980, era comuns que DJs fossem subornados com drogas e prostitutas e que magnatas da indústria musical contratassem e promovessem as próprias namoradas. Até que ela própria foi vítima desse abuso. 

"Durante uma viagem de trabalho para Allentown, Ahmet e eu estávamos no bar e ele colocou a mão dentro da minha saia, tentando tirar minha calcinha. Tive que lutar contra ele para que parasse. Um outro profissional da gravadora estava ao nosso lado, assistindo tudo e rindo. Na época, eu tinha 25 anos e ele 64", contou a autora, adiantando uma das histórias do livro.  

O lançamento de "Anything for a hit" está previsto para 4 de setembro, nos Estados Unidos. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
BBC
AFP
Da Universa
Da Universa
Da Universa
AFP
EFE
Da Universa
Da Universa
DW
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
AFP
Da Universa
Da Universa
AFP
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
ANSA
Da Universa
Da Universa
ANSA
AFP
AFP
AFP
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
ANSA
Da Universa
BBC
Da Universa
AFP
Da Universa
Topo