menu
Topo

Violência contra a mulher


Amal Clooney sobre assédio sexual que sofreu no trabalho: "Constrangedor"

AFP
A advogada de direitos humanos Amal Clooney, mulher do ator George Clooney Imagem: AFP

Da Universa

09/12/2018 13h42

Advogada reconhecida por ser trabalho na área de direitos humanos, Amal Clooney revelou, em um encontro de mulheres em Boston, que já sofreu assédio sexual no trabalho. E mais de uma vez.

Ela foi questionada pelo sogro, o jornalista Nick Clooney, pai do ator George Clooney, se havia passado por esse tipo de situação. Revelou que sim e explicou por que, na época, preferiu não falar sobre o ocorrido.

Veja também:

"Foram investidas inapropriadas e constrangedoras de se lidar. Não me sentia confortável para falar sobre esses casos porque outras mulheres também não falavam, mas acho que isso mudou agora", disse Amal.

A advogada afirmou acreditar que sua filha, Ella, de 1 ano e meio, não passará pelas mesmas situações que ela. "O espaço de trabalho está mais seguro do que era. Não acho que as mulheres da geração dela vão ver o assédio como algo que tenhamos que tolerar."

Por fim, Amal ainda agradeceu ao movimento Me Too e disse: "Agora são os homens, os assediadores, que têm que temer, não as vítimas."