menu
Topo

Relacionamentos

Terminar relação antes do Natal? Listamos 10 motivos para parar de adiar

iStock
Romper o namoro antes do fim do ano é possível! Imagem: iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

05/12/2018 04h00

Você sabe que a relação desandou de vez, mas segue empurrando-a com a barriga, porque as festas de fim de ano estão chegando - e, junto, todo aquele clima de amor, fraternidade e felicidade que toma conta de tudo, não é mesmo?
A verdade é que muitas pessoas preferem colocar um ponto final nos relacionamentos capengas quando a atmosfera não é tão festiva, seja por não quererem parecer ingratas ou malvadas ou porque têm medo daquela sensação de baixo astral ou, ainda, não querem enfrentar a família e explicar a situação.

Veja também

Só que ficar colocando infinitos "mas" na frente da decisão só vai piorar o cenário. Duvida disso? Conversamos com especialistas - Cristiane M. Maluf Martin, psicanalista; Livia Marques, psicóloga clínica e organizacional, palestrante e escritora; Luiz Francisco, psicólogo, life coach e professor da Fadisp; Luzimar Rosa, coach life e executive business -, que listam motivos suficientes para você parar de adiar os fatos e ser feliz!

Agrade a você e não aos outros

Lembre-se: você não é Papai Noel para ficar agradando a todo mundo. Enquanto faz de conta de que está tudo bem na vida a dois só para não estragar o clima festivo na festa da família ou dos amigos, na realidade está se desrespeitando e menosprezando a felicidade da pessoa mais importante da história -- você mesmo. 

Família começa a se acostumar com a ausência 

Se o crush já era aquela pessoa que fazia "parte da família", romper antes das festas é uma oportunidade para a turma toda entender o fim e começar a se acostumar com a ausência do ex nesta e nas próximas festas. Mais que isso: é a chance de perceberem que sua vida segue e o que conta é você estar feliz. 

A fase de "luto" não é tão baixo astral
Nenhuma separação é fácil, claro! Mesmo a decisão partindo da sua parte, é normal ficar chateado com o término daquele vínculo afetivo. Mas pense que as várias festas que acontecem neste período podem ser um gatilho para priorizar a alegria e deixar a tristeza de escanteio. Não fuja dos convites, nem se isole. Com agenda corrida, será mais fácil superar o lado ruim da separação.
Não vai ter briga no fim de ano
Tente se lembrar de todas as discussões que rolaram nos últimos meses - ou até mesmo nos últimos natais e ano-novos. Estando livre, não há motivo para brigas, bate-bocas ou desentendimentos que poderiam azedar o clima festivo e de confraternização típicos dessa época.
Seu mau humor não vai afetar os outros
Quando um casal briga, por mais que seja discreto, o climinha de desentendimento afeta todo mundo à volta, dos amigos mais próximos à família e até outros pares que não têm nada a ver com o imbróglio. Na contramão, se não há um casal infeliz, ninguém fica irritado ou com humor alterado e a atmosfera mantém-se alegre e animada - do jeito que o período tem de ser.
O ex não vai ter expectativas de volta 
Se o par sabe que as coisas não andam bem e, mesmo assim, o relacionamento é arrastado para o período pós-festas, ele pode entender que a procrastinação é sinal de que as coisas podem melhorar ou que existe alguma chance de você querer tentar novamente. Se sua decisão não tem nada a ver com isso, melhor deixar as coisas claras de uma vez por todas.
É bom momento para dar uma guinada na vida
Resolução de ano novo que chama, né? Pois se o fim/início de ano é aquele período em que a gente olha para trás e traça novas metas para frente, então não há razão para não avançar no desenvolvimento pessoal. Isso fica ainda mais claro se considerarmos que um bom passo dado no final de um ano, por mais difícil que pareça ser, pode resultar em grandes e especiais mudanças na nova fase que se inicia.
Não vai ouvir perguntas importunas
Quando um relacionamento contabiliza alguns anos, as cobranças nas reuniões familiares são inevitáveis, certo? Podar o relacionamento ruim antes do Natal é certeza de evitar aqueles questionamentos inconvenientes da tia-avó que insiste em repetir frases do tipo: "Vão casar quando?" ou "Os filhos vêm quando, hein?" 
Evita o risco de dizer o que não deve
Que atire a primeira taça para o alto quem nunca ultrapassou a dose do bom senso numa festa de fim de ano. O fato é que muitas pessoas acabam bebendo mais do que deveriam nessas ocasiões e colocam pra fora - até sem perceber - tudo o que está ruim na vida delas, inclusive o próprio relacionamento. Mas sabemos que ninguém quer expor a situação desse jeito e enfrentar um climão constrangedor quando a ressaca chegar...
Tem um monte de gente para te confortar
Se a decisão for difícil e você sofrer mais do que previa ao encerrar o ciclo, lembre-se de que estará rodeado por gente querida, que não quer te ver sofrer e fará de tudo para te confortar, te animar e te emprestar o ombro, caso precise chorar.