menu
Topo

Universa


Universa

Nacionalidade de Meghan pode prejudicar as contas da família real; entenda

Getty Images
A família real durante o Trooping The Colour, em junho Imagem: Getty Images

Da Universa

19/11/2018 12h20

O casamento de príncipe Harry e Meghan Markle causou um alvoroço na família real – e não só porque o novo casal adora quebrar os protocolos.

De acordo com o "Daily Mail", o fato da duquesa de Sussex ser norte-americana pode aumentar (e muito) os gastos dos Windsor. 

Veja também

Pessoas próximas à família disseram que pode levar anos até que Meghan consiga a cidadania britânica. Até lá, ela terá que pagar impostos e declarar todos os seus ganhos à Receita Federal dos Estados Unidos. 

Harry, por ser casado com uma cidadã norte-americana, também terá que prestar contas e abrir os números de sua fortuna.

E, a julgar pelo patrimônio do príncipe, o gasto extra não sairá barato: de acordo com o jornal britânico, sua fortuna é avaliada em 20 milhões de libras (96 milhões de reais) e rende mais de 300 mil libras (1,4 milhão de reais) por mês. 

É possível que o príncipe Charles e a própria rainha Elizabeth tenham suas contas bancárias expostas, já que são os dois maiores provedores do casal.

“Trata-se de um nível de exposição financeira que a Família Real nunca vivenciou, é algo que eles consideram um pesadelo”, disse a fonte. 

Mais Universa