menu
Topo

Violência contra a mulher

Estuprador é inocentado por vítima usar calcinha fio-dental e gera protesto

Reprodução/Independent
Imagem: Reprodução/Independent

Da Universa

14/11/2018 19h14

Na Irlanda, protestos estão tomando as ruas após o modelo de calcinha usado por uma jovem estuprada ser usado como argumento pela advogada de defesa do acusado.

Na ocasião, Elizabeth O’Connell segurou a peça fio dental usada pela jovem, de 17 anos, em frente à corte e pressionou o júri.

Veja também: 

“Vocês precisam ver a forma como a garota estava vestida. Ela estava usando um fio-dental com um laço na frente”, argumentou ela, que obteve sucesso na causa e fez com que o homem, de 27 anos, fosse julgado inocente no caso.

“Esses mitos e estereótipos em cima do estupro são reproduzidos várias vezes em julgamentos, porque a defesa sempre alega que foi consensual. Então qualquer coisa que o advogado de defesa use para sugerir que foi consensual, ele fará”, comentou Noeline Blackwell, chefe do Centro de Crise de Estupro, ao “Independent”.

Além das manifestações nas ruas do país, diversas internautas no Twitter criaram a hashtag #ThisIsNotConsent (“isso não é consentindo”, em português) depois do julgamento.

Com ela, as mulheres estão compartilhando fotos de suas próprias calcinhas e reforçando que o modo de se vestir não representa consensualidade sexual.