menu
Topo

Violência contra a mulher

"Comprei uma máquina de choque", lembra Joelma sobre agressões de Chimbinha

Reprodução/Instagram/joelmaareal
Joelma, aos 44 anos Imagem: Reprodução/Instagram/joelmaareal

Da Universa

06/11/2018 12h55

Depois de 18 anos de casamento e parceria musical, Joelma, ex-banda Calypso, encerrou o relacionamento com Cledivan Almeida Farias, o Chimbinha, denunciando o ex-marido por violência doméstica. 

"Meu medo era continuar naquele casamento. E, graças a esses históricos de agressão, consegui uma medida protetiva, uma distância mínima de cem metros", disse a cantora, em entrevista à "Marie Claire". 

Veja também

Joelma conta que as agressões começaram a acontecer dois anos após o casamento, em 2000. 

O medo do marido era tamanho que ela chegou a comparar uma máquina de choque e carregá-la sempre na bolsa. "Depois dela [a máquina], ele nunca mais bebeu perto de mim. Não precisei usá-la", afirma. 

Apesar da violência, o motivo da separação foi traição. 

Joelma conta que nunca foi ciumenta, mas que descobriu por meio de amigos que o marido a traía há anos com a mesma mulher. "Passei a temer pelos meus filhos. Pelas consequências que eles podiam ter por assistir à violência. Já estava cansada também e a história da traição foi como a última gota", lembra. 

Em junho, Joema disse em conversa com Ellen Cardoso no programa "Sensacional", da RedeTV!, que sente falta de um pedido de desculpas ou sinal de arrependimento do ex-marido. 

"Quando a pessoa não se arrepende e continua praticando [as agressões], não tem como mudar o ser humano", desabafou.