menu
Topo

Autoestima

Preta Gil: "Me livrei da busca pela magreza e quero aprender a envelhecer"

AgNews
Preta Gil na Beauty Fair 2018 Imagem: AgNews

Mariana Gonzalez

Da Universa, em São Paulo

08/09/2018 17h39

Preta Gil diz que sempre foi body positive (mesmo antes de conhecer o termo) e, aos 44 anos, vive um "momento de plenitude" em relação ao próprio corpo.

Em entrevista a Universa, no entanto, ela lembra que viveu uma fase de intensa busca pela magreza: "Sempre fui muito 'eu', mas me perdi em determinado momento da vida e fiz de tudo para ser magra. Fiz dieta, lipoaspiração... Felizmente, consegui me resgatar".

Veja também

Hoje sem "nenhuma neura", Preta diz que sua única preocupação é estar saudável. "Posto foto de biquíni mesmo e não estou nem aí", disparou, enquanto participava da Beauty Fair, em São Paulo, a convite da Salon Line.

A avó de Sol de Maria, de 2 anos, prevê que o próximo passo de sua jornada de aceitação corporal é aprender a envelhecer bem.

"O corpo muda, as rugas aparecem. Eu estou lidando bem com isso, mas preciso me preparar porque vai chegar uma hora que não tem mais jeito. A gente tem que aprender a não lutar contra o tempo", disse. 

Para a neta, Preta Gil pretende ensinar muitas coisas, mas a principal é o respeito e o olhar empático. 

"Quero que ela olhe as pessoas de forma livre de preconceitos. Ela é uma criança que se dá com todo mundo e acho que a nossa família é muito evoluída neste sentido, espero que ela siga por esse caminho".