menu
Topo

Violência contra a mulher

Bailarinos no NYC Ballet são acusados de divulgar fotos íntimas das colegas

Reprodução/Instagram
A bailarina Alexandra Waterbury Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

06/09/2018 12h08

A bailarina Alexandra Waterbury, do New York City Ballet, está processando o ex-namorado Chase Finlay, que dança na mesma companhia, por abuso, violação e desrespeito aos direitos das mulheres. 

De acordo com a acusação, Finlay teria fotografado e filmado Waterbury em momentos íntimos sem consentimento e divulgado este material entre colegas bailarinos e até em grupos de prostituição na internet. 

Veja também

De acordo com o "Daily Mail", outras bailarinas também tiveram fotos divulgadas por Finlay e alguns colegas de companhia.

O processo diz que os agressores "trocavam" fotos das mulheres e, entre os comentários dessas conversas, havia frases como "elas deveriam ser abusadas como animais de fazenda" e "nós deveríamos colocar um quilo de cocaína em cima das garotas e estuprá-las". 

Além do ex-namorado, com quem se relacionou por um ano, Alexandra está processando a NYC Ballet, acusando a companhia de ser "um terreno fértil para a exploração sexual, onde mulheres são tratadas como cidadãs de segunda classe". 

O processo cita ainda o caso de um outro bailarino, que deixou a companhia para se recuperar de problemas com drogas e violência doméstica contra uma colega e voltou à companhia semanas depois, sem sofrer punição pela agressão. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!