menu
Topo

Carreira e finanças

Estudo diz que ler e-mails do trabalho no transporte deveria ser hora extra

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

30/08/2018 21h26

De acordo com um estudo publicado pela Universidade do Oeste da Inglaterra, funcionários de empresas estão cada vez mais ocupando seu tempo com o cargo exercido na instituição mesmo estando fora dela.

A pesquisa revelou que muitas pessoas leem e-mails corporativos antes e depois do horário de expediente, enquanto fazem o trajeto de casa até o local por meio do transporte público. Algo que deveria ser contabilizado como hora extra, como aponta a publicação acadêmica.

Veja também

Para chegar a esse resultado, foram entrevistados 5 mil passageiros em rotas de transporte para Londres. Mais que metade dos passageiros – 54% deles – respondiam a e-mails do trabalho nesse intervalo de tempo.

Muitos deles afirmaram que usavam o tempo no transporte público para responder a esse tipo de e-mail para evitar que continuasse a trabalhar à noite, quando chegassem em casa, a fim de aproveitar o único "tempo livre" que têm ao dia. 

"Há um desafio real em decidir o que constitui o trabalho", afirma Juliet Jain, pesquisadora do Centro de Transportes e Sociedade da Universidade do Oeste da Inglaterra (UWE).

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!