menu
Topo

Diversidade

Prestes a ir à Rússia, Mart'nália diz: "Não vou sair sozinha naquele país"

Marcelo Tabach
Mart'nália solta a voz e coloca o público para dançar com "Sem Compromisso" Imagem: Marcelo Tabach

Da Universa

21/06/2018 16h44

Escalada para se apresentar na Casa Brasil, em Moscou, durante a Copa do Mundo, Mart'nália garante: "Não vou sair sozinha naquele país". 

A cantora é lésbica e embarca no próximo dia 30 para o país, onde há intensa perseguição e violência contra a população LGBT, inclusive de turistas

Veja também 

Apesar de tomar cuidado, Mart'nália garante que não está assustada com a situação: "Eu sou black  né", disparou, em entrevista ao "Extra", falando sobre a violência policial contra os negros no Brasil.  

"Estou indo lá para representar a cultura do meu país, Estou lá para isso. Cantar, sambar e alegrar quem quiser ficar mais alegre", disse. 

Em referência à declaração de Fernanda Gentil, que também é lésbica assumida e diz não ter medo de repressão na Rússia porque "está bem menininha", ou seja, tem aparência mais "feminina", Martn'ália disparou: "Não existe eu bem menininha". 

"É mais fácil virar um problema diplomático e eu voltar amarradona para assistir [os jogos] aqui com os amigos e família num bom churrasco com cerveja gelada”, brincou a cantora.