Mães e filhos

Problema de Sabrina Sato é comum e risco de aborto é baixo para maioria

Divulgação/Record
Rodrigo Faro entrevista Sabrina e Duda Nagle sobre a gravidez da apresentadora Imagem: Divulgação/Record

Juliana Simon

Da Universa

06/05/2018 10h56

Ao revelar que sua gestação é de risco, a apresentadora Sabrina Sato apresentou aos fãs um quadro preocupante e um nome de assustar: hematoma subcoriônico. O problema, no entanto, não deve assustar as futuras mamães e é bem mais comum do que muita gente pensa, diz o ginecologista e obstetra Marcelo Daia, da clínica Daia Venturieri.

O que é?

Comumente chamado de descolamento ovular, o hematoma subcoriônico é o acúmulo de sangue dentro do córion, membrana entre a placenta e o útero e não há causa específica para o desenvolvimento do quadro.

Veja também

É bastante comum na primeira fase da gestação – os primeiros três meses –, é percebido a partir de sangramento e cólica nesta fase e acomete 20% das grávidas.

Não é motivo desespero

Segundo Daia, não é uma patologia que deve apavorar as mamães inicialmente. “É um momento de alerta e acompanhamento, mas somente 1% a 3% que evolui com abortamento”, revela. Tudo depende do tamanho do hematoma que, para a maioria das gestantes, não passa de um centímetro e é reabsorvido pelo organismo.

“A gente sempre aguarda os três primeiros meses para revelar a situação”, afirma o médico.

Diagnóstico e tratamento

A evolução ou involução do hematoma é acompanhada por ultrassom. Via de regra, repouso na primeira semana, pausa em atividades físicas e abstinência sexual são as principais indicações para que o quadro não evolua para abortamento. Hidratação também ajuda na reabsorção.

Em casos de muita cólica e sangramento, é possível entrar com medicação específica com progesterona.

Há riscos para as próximas etapas da gestação?

Por ser uma patologia externa ao bebê, não há interferência no desenvolvimento do feto e é mais comum que a gestação siga com tranquilidade após o tratamento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
DW
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
AzMina
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
DW
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
ANSA
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Topo