Carreira e finanças

Marina Ruy Barbosa assume seu lado empresária: "Sou perfeccionista"

André Nicolau/Revista Claudia
Marina Ruy Barbosa Imagem: André Nicolau/Revista Claudia

da Universa, em São Paulo

04/05/2018 13h36

Marina Ruy Barbosa é nome conhecido pelo seu trabalho na tevê desde a infância, mas a atriz recentemente tem ampliado — de maneira expressiva — o seu escopo profissional.

Ela não só empresta seu rosto para campanhas de diversos produtos como, atualmente, se tornou a mão por trás de alguns deles: em pouco menos de um ano, a Amália de "Deus Salve o Rei" passou a assinar suas próprias coleções de joias, sapatos e roupas, além de ter se lançado autora com seu primeiro livro. 

Veja também

À revista "Claudia" de maio, Marina explicou como enxerga este movimento de carreira e a sua porção empresária.

"Sou perfeccionista. Não gosto de me entregar mais ou menos. Se compro uma ideia, é porque vou me envolver, entrar no time", disse.

Parte da força recém-conquistada (ou reforçada) da atriz no mercado vem de sua audiência expressiva nas mídias sociais. Com 24 milhões de seguidores, Marina não é apenas uma famosa muito vista, ela desperta uma empatia e, portanto, um engajamento de seu público incomum mesmo para quem é alguém nos meios digitais.

André Nicolau/Revista Claudia
Imagem: André Nicolau/Revista Claudia

Segundo estudo da consultoria internacional Provokers para o Google e Meio & Mensagem, é dela o posto de 18ª artista mais influente do mundo, um sucesso que credita à importância de se manter ancorada na realidade.

"O mais importante é não se tornar refém das redes. Nunca perco de vista que ali está só um recorte. O real vai além e precisa ser alimentado sem registros", afirmou. 

Neste momento em que sua carreira cresce, sua intimidade desperta nos fãs tanto quanto — ou até mais — curiosidade do que seu estilo pessoal. Recém-casada, ela diz que não pretende dividir parte de seu foco agora com a expansão da família.

"Gosto da rotina de casada, de dormir e acordar juntinho. Queremos filhos, mas não há previsão. Ainda não me considero capaz de educar uma criança", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Bloomberg
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
do UOL
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Bru Fioreti
BBC
Blog Bru Fioreti
do UOL
Redação
Blog Bru Fioreti
Blog Mulherias
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
BBC
Redação
Redação
Redação
Topo