menu
Topo

Direitos da mulher

Este é o único território das Américas onde mulheres ganham mais que homens

iStock
Bandeira de Porto Rico hasteada em rua de bairro histórico da capital Imagem: iStock

Da Universa, em São Paulo

13/04/2018 08h00

A desigualdade salarial entre gêneros segue firme e forte no mundo todo. No Brasil, por exemplo, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2016, os homens recebiam, em média, por mês, R$ 2.380, enquanto as mulheres recebiam R$ 1.836, o que representa 77,1% do rendimento masculino.

Em Porto Rico, a situação muda de figura, pero no mucho. No único país das Américas em que as mulheres ganham mais que os homens, a diferença entre os pagamentos por gênero é de apenas 3%. De acordo com o US Census Bureau, em 2016, a média salarial anual entre as mulheres de Porto Rico era de US$ 24.486, cerca de R$ 83.500, enquanto a dos homens, US$ 23.711, cerca de R$ 80.850.

Leia mais

Um estudo da Universidade de Porto Rico concluiu que a pequena vantagem que as mulheres levam em relação aos homens é devida ao fato que, na média, elas têm um nível mais alto de escolaridade: 11,9 anos de educação contra 11,2 dos homens.

No entanto, o mesmo estudo aponta que quando comparados homens e mulheres com o mesmo nível de escolaridade, ou outros fatores como número de filhos, as porto-riquenhas ainda enfrentam a mesma disparidade que as brasileiras.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!