menu
Topo

Direitos da mulher

Mães ainda ganham menos que mulheres sem filhos, revela pesquisa

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

13/03/2018 11h20

As mulheres continuam a ser “punidas” no mundo do trabalho por serem mães, como revela uma pesquisa da Universidade de Michigan. A diferença de salário entre estas mulheres e as que não têm filhos não diminuiu ao longo dos anos e até cresceu nos Estados Unidos.

Ainda que tenham a mesma educação, cargo e experiência, as mulheres com um filho ganharam 9% menos entre os anos de 1986 e 1995. Entre 2006 e 2014, essa diferença subiu para um salário 15% menor. Para quem tem dois filhos ou mais, o cenário é pior, com diferenças de 13% e 20% respectivamente.

Veja também

Esta realidade persiste ainda que o número de mulheres com filhos pequenos no mundo do trabalho tenha crescido de 47% em 1975 para 70% em 2015.
Ao todo, a pesquisa levou em conta dados de 18 mil pessoas de 5 mil famílias desde 1968 nos Estados Unidos.

Comparação de gêneros

A “punição da maternidade” também é um problema na comparação entre homens e mulheres. Para cada dólar que eles ganham, elas têm somente 81 centavos. Um dos pontos alarmantes é que homens com filhos passam a ganhar mais que aqueles que não os têm, ainda quando os pais trabalham por períodos menores.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!