Topo

Diversidade

Paris instala faixa de pedestre com as cores da bandeira LGBT

Xinhua
Bandeira LGBT é colocada sobre estátua próximo à torre Eiffel, em Paris Imagem: Xinhua

28/06/2018 17h14

Paris decidiu instalar em algumas ruas faixas de pedestres com as cores do arco-íris da bandeira gay, algumas das quais, colocadas por ocasião da Festa do Orgulho deste próximo sábado, tiveram que ser repintadas por terem sido vandalizadas.

"Paris é uma cidade refúgio que torna seus os valores republicanos de liberdade, igualdade e fraternidade", disse a prefeita da cidade, Anne Hidalgo, no Twitter, onde escreveu que a decisão foi tomada para que esses valores fiquem "gravados para sempre".

Veja também: 

Essas faixas já enfeitam algumas ruas do bairro de Marais, no centro da capital, e onde se concentra a maioria dos bares e discotecas gays.

Torná-las permanentes, afirmou a prefeita socialista em declarações divulgadas hoje pela emissora "RTL", envia um sinal "positivo e acolhedor", e uma "mensagem de boas-vindas" aos visitantes dessa região.

A degradação de algumas faixas com pinturas contra o coletivo LGTBI levou Anne a denunciar o acontecido à Promotoria de Paris.

"Pedimos que sejam combatidos sem fraqueza os insultos e as ameaças para deter os agressores potenciais antes que cometam atos ainda mais graves e para construir uma sociedade para todos", declarou um coletivo de associações contra a homofobia.

O grupo, que inclui a ONG SOS Homofobia, afirmou que as tentativas de intimidação não minarão sua defesa da igualdade de todas as pessoas LGBTI, e destacou que o desfile deste sábado servirá para lembrar sua identidade e direitos.

As ONGs também parabenizaram o gesto simbólico das faixas de pedestres permanentes, com as quais Paris se tornou a segunda cidade da França a tê-las, depois de Périgueux, no centro do país, que inaugurou as suas no dia 17 de maio por ocasião do Dia Mundial de Luta contra a Homofobia e a Transfobia.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!