menu
Topo

Violência contra a mulher

Beyoncé tira empresário acusado de assédio da sociedade de sua marca

Getty Images
Beyoncé no baile do MET de 2015 vestindo Givenchy Imagem: Getty Images

Da Universa

16/11/2018 15h31

Um dos maiores ícones femininos da atualidade, Beyoncé tomou uma decisão incisiva contra Sir Philip Green, com quem dividia a sociedade de sua marca Ivy Park desde 2016.

No mês passado, o bilionário britânico dono do Arcadia Group - que inclui Topshop, por exemplo - foi acusado de assédio, racismo e bullying por cinco funcionárias.

Veja também

Nesta sexta (16), representantes da Parkwood - empresa de Beyoncé responsável pela marca Ivy Park - anunciaram a compra da fatia de 50% que Green detinha e agora 100% da marca é de Beyoncé.