menu
Topo

Violência contra a mulher

Estrela da Disney relata "lavagem cerebral" e abuso sexual na adolescência

Getty Images
Jordan Pruitt Imagem: Getty Images

Da Universa

12/12/2018 15h50

Aos 27 anos e mais de 10 depois de deixar o Disney Channel, a cantora Jordan Pruitt decidiu usar o Facebook para denunciar ter sofrido "lavagem cerebral" e ter sido vítima de abuso sexual.

Segundo ela, o agressor seria uma figura importante do mundo do entretenimento. 

"Essa pessoa me fez uma lavagem cerebral. Na época, ele estava noivo. Vou poupar vocês dos detalhes, mas digo honestamente que esse homem me abusou sexualmente por quase dois anos. Eu fui vítima de abuso infantil por causa dele", escreveu Pruitt. 

O caso teria acontecido quando ela tinha 15 anos e trabalhava em produções como os filmes "Jump In" e "Air Buddies". 

Em seu relato, a cantora diz que chegou a abrir o jogo para uma mulher, cuja identidade também não foi revelada, mas teve medo e negou tudo quando autoridades foram envolvidas. 

Além da violência psicológica, Pruitt lembrou que o abuso abalou também sua relação com a família. 

"Essa pessoa me jogou contra os meus pais e me fez acreditar que eu precisava ser emancipada e fugir deles. Ele me fez acreditar que os meus pais só me queriam por perto por causa do meu dinheiro da Disney", lembra. 

Dias antes, no Instagram, a cantora publicou uma foto em um set de gravações do Disney Channel dizendo que tem passado por "depressão, ansiedade, o medo de não saber o futuro que faz a minha ansiedade piorar".