menu
Topo

Violência contra a mulher


Cersei de Game Of Thrones diz que recusar sexo com Weinstein parou carreira

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

17/02/2019 13h31

Hoje mundialmente celebrada por seu papel como Cersei, de "Game Of Thrones", Lena Headey afirma que ter recusado fazer sexo com Harvey Weinstein atrasou sua carreira em dez anos. A atriz é mais uma das muitas mulheres a acusar o produtor de Hollywood assédio.

Em entrevista ao "The Sunday Times", a artista britânica declarou que só percebeu o impacto de sua recusa ao fundador da Miramax depois que as várias denúncias contra ele vieram a tona. "Eu comecei a pensar 'merda, ter me recusado a transar com ele atrasou minha carreira em dez anos'. Eu fiz dois trabalhos para este estúdio antes dos incidentes e depois mais nada", conta.

Divulgação
Lena Headey como Cersei Lannister e Nikolaj Coster-Waldau como Jaime Lannister em cena da 5ª de "Game of Thrones" Imagem: Divulgação

Segundo a atriz, as investidas de Weinstein aconteceram duas vezes - a primeira durante o Festival de Cinema de Veneza, em 2015, e anos depois, em uma conversa em Los Angeles, em que o produtor a convidou para seu quarto de hotel. Lena disse que após a recusa, Harvey disse para que ela não contasse sobre o episódio a ninguém.