menu
Topo

Diversidade

Mãe de homossexual em "Malhação", Gorete Milagres fala sobre homofobia

Reprodução/Instagram
Gorete Milagres, Giovanni Dopico e Pedro Vinícius Imagem: Reprodução/Instagram

da Universa, em São Paulo

21/09/2018 12h52

Gorete Milagres, a eterna Filó, comemorou nesta quinta (20) sua entrada em "Malhação - Vidas Brasileiras", com um pedido pelo fim da homofobia.

A partir de sua estreia na trama nesta sexta (21), ela viverá a mãe de Michael (Pedro Vinícius), um garoto homossexual.

Veja também

"É hoje que começa a quinzena com a história do personagem Michael na Malhação. Eu serei a Beth, mãe deste jovem incrível! Ser mãe de um homossexual deveria ser como deveria ser: normal! Infelizmente existe um preconceito que amedronta mães e famílias por todo este nosso país, que mais mata por homofobia em todo mundo!", escreveu a atriz.

"Eu tentei me espelhar na forma em que a minha mãe educou os seus 13 filhos. Respeitando cada um, porque cada um é um. Ela sempre repetia esta frase. Ela sempre recebia com alegria os amigos dos filhos e sempre respeitou a individualidade e sexualidade de todos", disse ela, que também encontrará no elenco sua filha, Alice Milagres.

Gorete continuou lembrando o exemplo de tolerância da mãe.

"[Ela] lidou com naturalidade, sem sofrimento e com muito respeito e muito amor, com os todos familiares e amigos gays. Um dia ela disse ao meu irmão que chamou a minha irmã de sapatão: 'Nunca mais repita esta palavra. Ela é assim, é genético, nasceu assim e você cala e aceita'. Me lembrei muito dela ao construir esta personagem".

A atriz ainda concluiu dizendo que "o amor [deve estar] acima de tudo."

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!