menu
Topo

Direitos da mulher


"Novas leis de aborto são como voltar à escravidão", afirma Tiffany Haddish

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

2019-06-17T13:24:16

17/06/2019 13h24

A comediante Tiffany Haddish cancelou seu show em Atlanta, no Estado da Geórgia, nos Estados Unidos, após as novas leis sobre o aborto, que para ela são como o "retorno da escravidão".

Ao ser abordada por um repórter do site "TMZ" para falar sobre a decisão do cancelamento, a atriz explicou a decisão.

"Se eu não posso ter controle sobre o meu corpo, ou se nenhuma outra mulher pode ter esse controle, por que eu iria realizar lá?", questionou.

Quando perguntada se ela acreditava em uma forma de resolver esse problema, Tiffany foi categórica e reforçou o retrocesso dessas novas leis.

"Eu não sei como isso vai ser resolvido, para ser honesta com você. Mas o que eu sei é que a escravidão não é legal. E se você está tentando usar alguém... Isso me parece um novo tipo de escravidão para mim", opinou.

Haddish então tentou fazer com que o repórter entendesse a situação do ponto de vista das mulheres.

"Se eu dissesse que você teria que cortar seu dedo se tivesse mais de quatro bebês, como você se sentiria sobre isso? Se eu dissesse que você precisa se controlar e fazer uma vasectomia, você se sentiria controlado, certo?", concluiu.