menu
Topo

Autoestima


Gordofobia? Por que beijo de Rízia e Alberto incomodou fora do Big Brother

Reprodução/GloboPlay
Rízia e Alberto se beijaram e flerte incomodou espectadores. Gordofobia? Imagem: Reprodução/GloboPlay

Ana Bardella

Colaboração para Universa

2019-03-21T18:59:35

21/03/2019 18h59

Assim como em edições anteriores, um convidado de outro país foi chamado para integrar a casa do Big Brother Brasil a fim de movimentar a rotina do grupo. O gringo da vez foi o italiano Alberto Mezzetti, vencedor do reality show do país em 2018.

Apelidado de Tarzan, o rapaz chamou atenção das garotas pelo físico logo que colocou os pés no confinamento. Com pinta de conquistador, ele flertou muito: nem mesmo a dificuldade de falar ou entender português conseguiu barrar seus elogios direcionados às participantes.

Conversa vai, conversa vem... Um beijo finalmente saiu. A troca de carinhos aconteceu dentro da casa, em meio à última festa, entre Alberto e Rízia. Apesar de rápido, foi o suficiente para render assunto dentro e fora do confinamento.

Lá, as meninas debateram de maneira acalorada se Rízia deveria tentar repetir a dose ou não, já que italiano afirmou que os dois são apenas amigos e que está sempre flertando com uma mulher diferente. Em compensação, fora da casa, uma parcela do público se mostrou incomodada com o casal.

Na página oficial do programa é possível encontrar comentários como: "As outras não deram bola, então ele pegou a mais fácil", "Com tantas, ele decidiu pegar a Rízia. Que fase" e "Só fez isso por que não conseguiu ficar com mais ninguém". Tudo isso porque, entre as atuais participantes, Rízia é a única mulher gorda.

Gordofobia

De acordo com Ellen Moraes Senra, psicóloga especialista em terapia cognitivo comportamental, é comum que mulheres gordas sofram com o preconceito, principalmente quando se envolvem com homens considerados dentro do padrão. "Isso gera desconforto e surpresa por parte de terceiros, como se elas não fossem interessantes o suficiente para despertar a atenção masculina", diz.

Racismo

O fato de Rízia ser negra também torna a situação mais complicada. "Por vivermos em um país estruturalmente racista, a questão racial contribui para que os demais façam comentários maldosos", indica a profissional. Segundo Ellen, "a internet traz uma falsa sensação de liberdade. Nela, as pessoas falam o que querem, sem se importarem com as consequências.

Com isso, expõem suas opiniões de maneira clara, direta e mais ofensiva", comenta. Mas vale lembrar que o peso para quem sofre com o preconceito é alto: "Ler algo desse tipo pode gerar muita tristeza, baixa autoestima, revolta e sentimento de incompreensão", relembra a psicóloga.