menu
Topo

Direitos da mulher

Feministas convocam manifestação em Paris contra agressões sexistas

Francois Guillot/AFP
Manifestantes participam de ato pelo fim da violência contra a mulher em Paris, na França Imagem: Francois Guillot/AFP

Da RFI

23/11/2018 14h14

Os desfiles convocados pelo coletivo #Noustoutes deste sábado (24) pedem o fim da impunidade dos agressores e recursos financeiros para lutar contra a violência feita contra as mulheres.

Os protestos devem acontecer em cerca de 50 cidades na França.

Veja também

Em Paris, o cortejo sairá da praça da Ópera, região central da capital, às 14h, em direção à praça da República, para pedir ?medidas mais ambiciosas e meios financeiros suficientes para que a luta contra as violências esteja no topo das prioridades?.

Seis semanas depois da mobilização de cerca de mil mulheres que se reuniram em Paris, o desejo das feministas, diz o coletivo, ?é passar do testemunho à ação?. As passeatas acontecerão na véspera da Jornada Internacional para a eliminação das violências feitas contra as mulheres.

Militantes feministas, preocupadas com os possíveis bloqueios provocados pelos ?coletes amarelos?, que protestam contra o aumento dos combustíveis, pediram que o acesso aos locais previstos para as manifestações sejam garantidos.

219.000 vítimas em 2017

O movimento feminista francês #Noustoutes tem o apoio de diversas associações de luta contra as violências sexuais e sexistas.

Em 2017, 219 mil mulheres se declararam vítimas de agressões físicas ou sexuais cometidas pelo próprio parceiro na França, segundo dados publicados pela Missão Interministerial para a proteção das mulheres contra a violência.