menu
Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor

Harry e Meghan fazem 1ª visita real britânica a Fiji desde golpe de 2006

Getty Images
Príncipe Harry e Meghan Markle chegaram a Fiji nesta terça-feira (23) Imagem: Getty Images

Kate Ashton

Da Reuters, em Sydney

23/10/2018 12h59

O príncipe Harry e a esposa, Meghan Markle, pousaram em Fiji nesta terça-feira (23) para a primeira visita da realeza britânica à nação do sul do Pacífico desde que um golpe militar de 12 anos atrás levou à suspensão do país Commonwealth por oito anos, até a realização de eleições democráticas.

Centenas de pessoas acenaram com bandeirinhas plásticas de Fiji e do Reino Unido quando Harry, que vestia um terno cinza com três medalhas, e Meghan, que usava um vestido creme de mangas compridas e um chapéu combinando, chegaram ao aeroporto nos arredores da capital Suva.

Veja também

"Apesar da garoa, os fijianos vieram em grande quantidade com seus guarda-chuvas para dar as boas-vindas às altezas reais", disse o governo de Fiji no Twitter, publicando fotos da multidão saudando o casal.

O primeiro-ministro, Frank Bainimarama, recebeu o casal lhe oferecendo um buquê de flores tropicais antes da inspeção de uma guarda de honra com uniformes militares em vermelho e branco.

Milhares de homens, mulheres e crianças ocuparam a rota da comitiva oficial do casal até o centro de Suva, e muitos sorriam, acenavam e seguravam cartazes escritos à mão.

"Bem-vindos a Fiji, príncipe e princesa", dizia um deles.

Harry e Meghan serão homenageados em uma cerimônia em um parque de Suva, um evento semelhante ao que acolheu a rainha Elizabeth em 1953. Homens com saiotes tradicionais com guirlandas de folhas e flores se enfileiravam à espera para realizar uma cerimônia.

A ex-colônia britânica de 300 ilhas tropicais, que tem um população de cerca de 910 mil habitantes, foi suspensa da Commonwealth e ficou isolada internacionalmente depois que Bainimarama, então um comandante do Exército, tomou o poder com um golpe sem vítimas em 2006.

Fiji realiza eleições em 14 de novembro, e o partido de Bainimarama é o favorito.

Mais Pausa