menu
Topo

Direitos da mulher

Vietnã tem primeira presidente mulher mas ativistas não veem mudanças

Reprodução/vietnamnet.vn
Dang Thi Ngoc Thinh Imagem: Reprodução/vietnamnet.vn

24/09/2018 15h05

O fato de o Vietnã ter nomeado sua primeira presidente mulher mascara a profunda desigualdade de gênero presente política e sociedade do país comunista e fará pouco para melhorar os direitos das mulheres, disseram ativistas nesta segunda-feira.

Dang Thi Ngoc Thinh foi nomeada presidente interina após a morte de Tran Dai Quang, ex-chefe de segurança interna que ocupava a Presidência desde 2016.

Veja também

"Acho que, embora a indicação de Ngoc Thinh seja importante simbolicamente, seu significado mais amplo se limita a algumas mulheres que são membros do Partido Comunista", disse por email Do Nguyen Mai Khoi, ativista e dissidente.

"Deveríamos, entretanto, lembrar que, como uma líder não-eleita que não presta contas ao público, esta indicação provavelmente não melhorará as condições para a maioria das mulheres do Vietnã".

O Vietnã ficou em 61º lugar entre 193 países em pesquisa sobre a participação feminina no Parlamento realizada no ano passado pela União Interparlamentar, sediada em Genebra. A nação do sudeste asiático ficou na 166ª posição no quesito mulheres em postos ministeriais.

A Assembleia Nacional vietnamita elegeu Dang Thi Ngoc Thinh como vice-presidente em 2016. Ela nasceu em 1959, é formada em direito e tem mestrado em formação partidária, segundo reportagens da mídia estatal.

"A indicação de uma mulher como presidente do Vietnã pode ser histórica, mas tem mais a ver com a política interna do partido do que com gênero", disse Andrea Giorgetta, diretor para a Ásia da Federação Internacional de Direitos Humanos, sediada em Paris.

"A realidade é que o número de mulheres em posições decisórias em todos os níveis políticos do Vietnã continua baixo e reflete estereótipos de gênero sobre o papel das mulheres firmemente enraizados na sociedade do país", disse Giorgetta à Thomson Reuters Foundation.

O Vietnã não tem um líder único e é governado oficialmente por quatro "pilares" --o presidente, o primeiro-ministro, o chefe do Partido Comunista e o presidente da Assembleia Nacional.

O presidente faz parte do Politburo, importante órgão decisório, mas é considerado um cargo mais cerimonial.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!