Topo

Carreira e finanças


Carreira e finanças

Ann Sarnoff se torna a primeira mulher CEO da Warner Bros.

Arquivo pessoal/Variety
Ann Sarnoff Imagem: Arquivo pessoal/Variety

da Universa

2019-06-25T11:01:18

25/06/2019 11h01

Pela primeira vez em seus mais de cem anos, a Warner Bros. tem uma mulher no cargo de CEO. A escolhida foi Ann Sarnoff, antiga presidente da BBC Studios Americas. Ela já estava no radar da empresa desde a demissão forçada do CEO anterior, Kevin Tsujihara.

Na Warner Bros., Ann comandará uma das maiores empresas da indústria audiovisual, controlando a área de filmes, TV, digital, videogames e produtos. A empresa também planeja conseguir lançar sua plataforma de streaming para concorrer com outras gigantes como Netflix e Amazon.

"Estou muito feliz que Ann está se juntando ao time e ansioso por trabalhar com alguém tão talentosa. Ela tem um histórico de inovação, criatividade e liderança que levará esse estúdio a outro patamar de crescimento. Tenho confiança de que ela será uma grande aquisição para a WarnerMedia e que nossos funcionários a abraçarão", festejou John Stankey, CEO da WarnerMedia.

"Eu acho que será muito animador trabalhar por conteúdo voltado a diferentes gerações que estão mudando a maneira como consomem mídia", contou Ann, em entrevista à "Variety". Com 8 mil trabalhadores mundo afora, a Warner Bros. é a maior empresa já comandada por Ann, que já trabalhou na Viacom e na BBC.

A vaga surgiu depois de alegações que o antigo CEO Kevin Tsujihara abusava de seu poder como chefe do estúdio para conseguir papéis para a atriz Charlotte Kirk, com quem tinha um caso fora do casamento. Ele foi obrigado a se demitir e reconhecer seus erros.

A WarnerMedia já foi criticada pela falta de líderes femininas. Quando a questão de Tsujihara ocorreu, o estúdio ficou determinado a encontrar uma mulher para ser a nova CEO.