Topo

Direitos da mulher


Empresa de sex toys acusa departamento de transporte de NY de sexismo

Reuters
"Brinquedos, para sexo" diz o anúncio da Dame vetado pelo departamento de transportes de Nova York Imagem: Reuters

Da Universa

2019-06-19T14:43:13

19/06/2019 14h43

Liderada por mulheres, a empresa de brinquedos eróticos Dame Products causou barulho em Nova York nesta terça (18) ao processar o departamento de transportes locais por rejeitar seus anúncios desde novembro de 2018. Segundo a startup, o motivo seria "sexismo" e "privilégio aos interesses masculinos".

Segundo a agência Reuters, no processo a empresa alega que são permitidos campanhas publicitárias com frases de duplo sentido e que o departamento patrocinou uma propaganda de camisinhas extragrandes.

Maxwell Young, porta-voz do departamento, afirma que a política de anúncios não rejeita peças publicitárias baseado em gêneros e pontos de vista. O advogado da Dame, por sua vez, afirma que o Metropolitan Transportation Authority vive "na era Vitoriana" e que "tem uma censura machista que discrimina o prazer sexual das mulheres e enfatiza o controle masculino sobre a sexualidade feminina".