Topo

Mês do Orgulho LGBTQ+


Após recusa de salão, homem oferece seu quintal para casamentos gays

Instagram/Reprodução
Corey Forrester Imagem: Instagram/Reprodução

Da Universa

2019-06-17T15:05:28

17/06/2019 15h05

Um salão especial para casamentos no estado norte-americano da Geórgia anunciou que se recusaria a realizar cerimônias de casais gays e despertou a ira do comediante Corey Forrester. "Apenas dizendo que se você vive pelas redondezas e foi afetado por essa decisão, pode vir realizar seu casamento gay aqui no meu quintal, sem custo algum", tuitou Corey.

O comediante, que se identifica como hétero e já é casado, decidiu ofertar seu quintal para mudar a ideia que as pessoas têm sobre o estado que vive. "Agora que tenho uma plataforma e algumas pessoas me escutam, me parece importante que eu me posicione assim. Sou da Geórgia, com suas leis duras sobre aborto e pessoas rejeitando que casais gays se casem. As pessoas pensam que todos aqui pensam dessa forma. Mas existe gente assim em todos os estados", opina Corey, em entrevista ao "HuffPost".

Instagram/Reprodução
O quintal da casa de Corey Forrester Imagem: Instagram/Reprodução

"Eu sei que os estereótipos não vão sumir tão cedo. É o que é e nós fizemos o bastante para merecê-los. Mas é importante que eu diga que essas pessoas podem vir aqui e realizar seu sonho no meu espaço", pontua.

A oferta de Corey recebeu 2 mil curtidas no Twitter e 5 mil no Facebook. Para sua surpresa, a maioria dos comentários foi positivo, inclusive de pessoas da comunidade. "Alguns ofereceram móveis, outros, um bolo. Eu esperava críticas, mas foi uma reação muito bonita", compartilha Corey.

Ninguém aceitou a oferta ainda, apesar de alguns se dizerem interessados em renovar votos na sua casa e outros que disseram que gostariam de não terem se casado só para realizar a cerimônia lá. Corey diz que não tem certeza se algum casamento realmente acontecerá, mas que a oferta continua em pé.

"Eu prefiro me posicionar e ter pessoas achando que tenho algum interesse por trás disso do que ficar quieto. Se acham que fiz isso apenas para parecer descolado, problema deles. Mas as pessoas vão poder continuar se casar aqui, sem custos", dispara. "Eu não acredito em nada disso, mas se você acha que Jesus te amou tanto a ponto de ser pendurado numa cruz por você, por que você não pode amar tanto alguém para fazer um bolo para eles? Não se esconda atrás de um Deus que faria tudo que você não faz e apenas ame a todos. Isso machuca e você não gostaria que seus filhos fossem tratados assim", conclui.

Mais Mês do Orgulho LGBTQ+