Topo

Universa em Campo


Jogadora dos EUA se recusa a cantar hino nacional na Copa do Mundo Feminina

Christian Hartmann/Reuters
Imagem: Christian Hartmann/Reuters

Da Universa

2019-06-13T14:19:15

13/06/2019 14h19

Megan Rapinoe está aproveitando sua participação nos jogos da Copa do Mundo Feminina de Futebol para se manifestar contra as políticas atuais dos Estados Unidos.

Na terça-feira (11), a jogadora se recusou a cantar o hino nacional do país durante a partida contra o time da Tailândia, permanecendo em silêncio enquanto suas colegas de equipe participavam do coro.

Vale lembrar que Megan já se considerou um "protesto ambulante" e disse que suas ações são "equivalentes a qualquer tipo de desigualdade ou sentimentos ruins que a administração [de Donald Trump] possa ter em relação a pessoas que não pensam igual a ele".

A jogadora de futebol é casada com Sue Bird, do time de basquete, o que fortalece a postura contrária da integrante da seleção norte-americana à administração conservadora de Trump e a suas políticas homofóbicas.

"Eu sinto como se minhas atitudes fossem desafios para mim mesma. Para ser quem eu sou, vestir a camisa e representá-la", disse ela.

Mais Universa em Campo