Topo

Fofuras


Rita Lee conhece a ursa Rowena, que inspirou seu novo livro: "Dia especial"

Guilherme Samora/Globo Livros
A cantora alimenta a ursa sibéria no santuário ecológico Rancho dos Gnomos, no interior de São Paulo Imagem: Guilherme Samora/Globo Livros

Da Universa

2019-06-11T17:11:19

11/06/2019 17h11

Conhecida como "a ursa mais triste do mundo", Marsha tem uma história cheia de percalços: vítima de tráfico de animais, ela foi levada de sua terra natal, a Sibéria, para sofrer maus tratos em circos e zoológicos até vir parar no Brasil, resgatada por organizações em defesa dos direitos dos animais.

Sua biografia deu origem ao livro infantil "Amiga Ursa -- Uma História Triste, Mas Com Final Feliz", escrito por Rita Lee.

Nesta semana, a cantora foi ao encontro da ursa, que no Brasil foi rebatizada de Rowena, no santuário ecológico Rancho dos Gnomos, que foi construído em 1991 pelo casal Silvia e Marcos Pompeu, em Cotia, interior de São Paulo.

"Ter encontrado com Rowena foi um dos dias mais especiais da minha vida", disse Rita Lee, que deu suco à ursa e ganhou dela lambidas de agradecimento.

No livro, que chegará às livrarias no final de junho publicado pela editora Globinho, a cantora é a personagem vovó Ritinha.

Apesar de sua triste história de vida, Rowena não teve dificuldade de estabelecer conexão com a visitante. "A gente já sabia que ela é assustada por ter sofrido nas mãos dos humanos, além de ser um animal com instintos que devem ser respeitados. Então pensei que não daria para chegar tão perto, mas a Rita cantou para Rowena, ela ficou calma e foi chegando perto", conta o editor do livro, Guilherme Samora, que acompanhou a visita.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado pela matéria, o Rancho dos Gnomos se localiza em Cotia, e não em Joanópolis. Além disso, a instituição não foi construída por Luisa Mell. Os erros já foram corrigidos.