Topo

Autoestima


Naomi Campbell demorou a aceitar seu corpo: "Me chamavam de Olivia Palito"

Neilson Barnard/Getty Images/AFP
Naomi Campbell Imagem: Neilson Barnard/Getty Images/AFP

Da Universa

2019-06-11T12:03:41

11/06/2019 12h03

Naomi Campbell é uma das supermodelos mais importantes da história da moda. Estampou a capa das principais revistas e desfilou nas passarelas mais importantes do mundo. Mas nem sempre foi assim. Em relato à "Vogue" britânica de julho, a top diz que demorou para se sentir bem em seu próprio corpo. "Nunca me senti à vontade na minha pele. Na escola, as pessoas me chamavam de nomes como Olivia Palito. Eu me sentia desajeitada e inadequada."

As aulas de dança ajudaram Naomi no processo de autoaceitação e também a dar os primeiros passos na carreira como modelo. "Os únicos momentos em que me sentia confortável eram nas aulas de dança, porque eu não precisava estar presente no meu corpo e esquecia todo o resto. Quando comecei a modelar, eu não sabia como posar, então eu fazia o que tinha treinado para fazer: mover como se estivesse fazendo balé clássico, ou pular e pular na frente da câmera."

Mesmo quando já era uma modelo famosa, ela morria de vergonha de usar roupas justas ou de posar para fotos de lingerie. "Me sentia muito constrangida. Mesmo no dia a dia, se eu estivesse usando jeans apertado ou calça legging, sempre amarrava uma blusa na cintura para não me sentir tão exposta."

Naomi, 49, revela que há apenas alguns anos conseguiu se aceitar ao conectar corpo e mente. "É algo que veio com a idade. Minha mentalidade tem desempenhado um papel importante nessa jornada, e fazer exercícios ajudou, porque fortalece minha mente também. Não estou tentando me tornar uma mulher musculosa mas, para mim, as duas coisas vêm como um pacote", contou.

"Algumas pessoas pensam que me esforço demais, mas hoje conheço os meus limites: sei quando tenho que dar um tempo. Aprendi a não me sentir culpada por ficar na cama quando passei várias semanas trabalhando. Agora sei deitar na praia e deixar o dia passar. Para mim, tudo está conectado. Preciso de um corpo saudável para uma mente saudável e um espírito saudável. Eu sei que o que vem de dentro é projetado para fora."