Topo

Mês do Orgulho LGBTQ+


Lésbicas são agredidas por homens ao negarem beijo em ônibus na Inglaterra

Da Universa

2019-06-07T10:52:57

07/06/2019 10h52

Duas mulheres lésbicas foram agredidas e roubadas por um grupo de homens dentro de um ônibus em Londres, na Inglaterra. O motivo? Elas não quiseram dar um beijo a pedido deles.

Melania Geymonat, uma aeromoça nascida no Uruguai, fez um post no Facebook para relatar como ela e a namorada, Chris, foram agredidas.

A jovem contou que as duas tiveram um encontro e estavam indo para a casa de Chris, no bairro de Camden Town, em um ônibus noturno.

"A gente deve ter se beijado ou algo assim porque, de repente, esses caras vieram até nós. Eles estavam em pelo menos quatro e começaram a se comportar como animais, pedindo que a gente se beijasse para que eles pudessem ficar olhando. Ficaram nos chamando de lésbicas e descrevendo posições sexuais", contou Melania.

A uruguaia disse que tentou entrar na brincadeira no intuito de afastar o grupo. Segundo ela, Chris chegou a dizer que estava doente, mas nem isso adiantou. "Eles ficavam cada vez mais entusiasmados e começaram a nos jogar moedas", relembra, momentos antes de ver Chris ser agredida pelos rapazes.

"Eu a vi sangrando porque eles estavam batendo nela. Depois eu levei um soco e acabei caindo porque fiquei enjoada com o sangue escorrendo. Não lembro se fiquei inconsciente ou não".

Momentos depois o ônibus parou e a polícia chegou. Foi aí que ela percebeu que tanto suas coisas quanto as de Chris haviam sido roubadas.

"O que me deixa mais chateada é que a violência se tornou algo comum, que às vezes é necessário ver uma mulher sangrando depois de ter dado um soco nela só para sentir algum impacto. Estou cansada de ser tratada como um objeto sexual, de descobrir que essas situações são comuns e que amigos gays estão sendo espancados", desabafou.

Mais Mês do Orgulho LGBTQ+