Topo

Violência contra a mulher


Justiça de SC condena morador de rua que dava "chupão" à força em mulheres

iStock
Vítima mulher depoimento Imagem: iStock

Da Universa

2019-06-04T18:08:24

04/06/2019 18h08

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina condenou na segunda-feira (3) um morador de rua que agarrava mulheres e adolescentes no centro de Blumenau e dava "chupões" no pescoço delas.

De acordo com o TJSC, ele pedia dinheiro nas ruas e oferecia um abraço como agradecimento a quem desse alguma quantia -- nesse momento, segurava as vítimas a força e "dava beijos lascivos no pescoço".

Pelo menos três mulheres reconheceram o morador de rua e disseram ter sido vítimas em 2018, à luz do dia, perto de uma escola.

Uma delas contou à polícia que ele teria passado a mão em seu corpo e tentado tocar seu seio -- crime que levou o agressor a ser condenado por importunação ofensiva ao pudor.

Nos outros dois casos, ele recebeu condenação por violação sexual mediante fraude.

A defesa do agressor tentou recorrer, alegando que não havia como comprovar as intenções dele e que as provas eram insuficientes. O próprio morador de rua, no entanto, confessou em depoimento ter tentado beijar algumas mulheres, sem precisar quantas, justificando estar sob efeito de álcool.

O relator da matéria, o desembargador Leopoldo Augusto Brüggemann, frisou que a embriaguez, voluntária ou não, não tira a responsabilidade do agressor.

Ele terá que cumprir dois anos e quatro meses de serviço comunitário e recebeu uma multa equivalente a 1/30 do valor do salário mínimo vigente à época.

Por fim, foi emitida uma medida restritiva que proíbe o morador de rua de se aproximar mais do que 200 metros da escola onde estudam algumas das vítimas.