menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Mulher utiliza sêmen de doador que morreu após conhecer jovem no Youtube

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Da Universa

2019-05-23T19:14:48

23/05/2019 19h14

Uma mãe ajudou uma família a lidar com a morte do filho e a realizar um desejo póstumo do jovem: ser pai. Segundo o jornal inglês "Daily Mail", Lia Malka, de 41 anos, engravidou através de inseminação artificial depois de conhecer a história de Vlad e Julia Pozniansky, que perderam o filho Baruch de câncer aos 25 anos. O casal revelou que o rapaz tinha o sonho de ser pai e por isso lhes deu permissão de usar seu esperma para que ele tivesse um filho.

A história dos dois e de Lia se cruzou em 2013 quando ela decidiu que queria ser mãe. Solteira, visitou um médico especializado em fertilidade e descobriu que sua contagem de óvulos estava baixa. Por conta disso, a recomendação foi de que deveria engravidar o mais rápido possível.

Na dúvida sobre utilizar um banco de esperma, Lia descobriu no YouTube a historia de Vlad e Julia, que haviam dado uma entrevista à uma rede de TV em 2009 contando sobre o desejo de serem avós. Os dois contaram que entraram na justiça para conseguir a autorização para usar o sêmen do filho, que faleceu em 2008. Antes de iniciar o tratamento contra o câncer, ele decidiu congelar seu esperma e pediu aos pais que usassem depois de sua morte.

Reprodução/Facebook
Vlad e Julia Pozniansky Imagem: Reprodução/Facebook

Reprodução/YouTube
Baruch Pozniansky Imagem: Reprodução/YouTube

Após assistir ao vídeo, Lia procurou o advogado da família e combinou de encontrá-los. Os três então assinaram um contrato em que o esperma seria utilizado apenas em Lia e que os avós poderiam visitar a criança a cada três semanas.

Reprodução/Facebook
Shira, filha de Lia Malka Imagem: Reprodução/Facebook

Logo no início do tratamento de fertilidade Lia engravidou de Shira, de 3 anos. "Não achei que isso fosse acontecer. Então quando de fato fiquei grávida não podia acreditar. Eu ainda não conhecia muito Vlad e Julia. Tinha encontrado com eles apenas três vezes."

Para a garotinha, Lia contou a verdade sobre o pai e espalhou algumas fotos dele pelo apartamento. "Um dia ela me disse: 'talvez ele bata na nossa porta e venha nos ver'. Então eu disse que isso não aconteceria", contou ela. "Hoje você tem muitos modelos de família. Essa é apenas mais uma. Shira sabe que ela não tem pai, mas ela é muito amada e muito feliz".