menu
Topo

Carreira e finanças


Carreira e finanças

Está difícil se concentrar? Truques e técnicas para retomar o foco

iStock
Em tempos multitarefas, concentração é luxo Imagem: iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

2019-05-21T04:00:00

21/05/2019 04h00

Não dá para negar: é tanta informação, tanta notificação no celular, tanta interação nas redes sociais, tanta gente por perto fazendo barulho que é extremamente fácil perder o foco durante a jornada de trabalho.

A situação é crítica, já que, sem foco, não há produtividade com performance positiva. Mais que isso, a dispersão vira uma bola de neve, provocando o atraso de outras tarefas que chegam ao fim do dia sem terem sido executadas.

Nessas horas, só mesmo recorrendo a técnicas e truques para blindar todo o apelo pela sua atenção e retomar o fluxo esperado. Conheça nove alternativas para resgatar a concentração.

Coma e beba o suficiente

Fome é motivo que leva à falta de foco, pois a concentração requer uma boa quantidade de energia. Além disso, a boa hidratação garante melhor funcionamento do cérebro. Estar bem alimentado e hidratado leva à sensação de bem-estar, que também ajuda na retomada da atenção.

Saiba bem o que quer

Tenha um objetivo definido para futuro bem próximo, seja sair sem atraso para o cinema com o crush, entregar o relatório sem passar o fim de semana trabalhando ou adiantar as tarefas para conseguir emendar o feriado. Como o corpo tende a boicotar a disciplina, diante de distrações ou mesmo cansaço, é bom ter bem claro o que vai ganhar ao manter o foco. Toda vez que estiver saindo do trilho, lembre-se da recompensa que vai ganhar. Se precisar, escreva seu "prêmio" em um papel-adesivo e deixe-o à vista.

Defina um prazo limite

Antes de começar a produzir, calcule qual será o tempo necessário para cumprir a tarefa. Se for muito demorado, considere incluir um ou até mais intervalos pequenos para descansar. Durante a execução, mantenha um cronômetro online aberto em uma aba do navegador, bem à vista. A visualização do relógio trabalhando ajuda a manter o foco.

Aprenda a dizer não

Nessa luta interna na busca pelo foco, surgirão muitas alternativas para se fazer algo mais prazeroso -- do convite para o café na cantina àquele teste na web superengraçado. Negar tais opções é necessário, mas é uma tarefa extremamente difícil para a maioria das pessoas. Por isso, é preciso aprender a dizer mais "não" do que "sim". Faça uma, duas, três, quatro vezes... A prática constante leva à criação de um hábito.

Gerencie seu tempo

Outra opção é adotar métodos de gerenciamento de tempo, como a técnica pomodoro, que prevê o trabalho sem interrupções em blocos de 25 minutos, com intervalos de descanso de 5 minutos, cronometrados. A cada quatro "pomodoros", faça uma pausa maior, de 15 a 20 minutos. Essas "quebras" fazem que o cérebro esteja ativo ao retomar a tarefa.

Respire três vezes

Quando o ambiente estiver muito agitado, tente se blindar do barulho e busque retomar a concentração respirando três vezes, profunda e lentamente. Se estiver usando colar com difusor pessoal, melhor ainda! Na peça, adote óleos essenciais que tragam percepção mais ampliada do que precisa ser feito, como laranja, tangerina e limão. Óleo de lavanda também ajuda na concentração.

Preste atenção no seu corpo

Observe mentalmente os apoios do seu corpo, como pés, quadris e coluna. Em seguida, identifique e observe os sons que existem no ambiente, sem se prender a nenhum deles. Volte sua atenção para a respiração, testemunhando o que ela provoca em seu organismo -- expansão dos pulmões e barriga com a inspiração, assim como o movimento inverso, com a expiração. Sempre que se distrair, retome a observação corporal.

Ouça música

Fones de ouvido, preferencialmente com isolamento acústico, são imprescindíveis em ambientes barulhentos. Na hora de escolher a playlist, opte por músicas relaxantes, que acalmem. Esse estilo ajuda a retomar o foco. Versões instrumentais também são eficientes.

Faça uma lista de prioridades

Ter muitas tarefas em mente impede a concentração. Executar um trabalho já pensando nos seguintes ou nos pendentes faz o pensamento voar. Crie uma lista com os afazeres e defina quais são as prioridades, montando uma agenda de execução. Mantenha o foco na obrigação do momento. Só quando concluí-la é que vai resgatar o que terá de fazer na sequência.

Fontes: Erika Lotz, professora da faculdade Estácio Curitiba e mentora de capital humano; Ideli Domingues, psicóloga, arteterapeuta e consteladora familiar; Lucas Lopes, empresário e publicitário; Márcia Pugliesi, numeróloga e terapeuta humanista do Espaço Conheça-te; Moisés Luz, psicólogo; Silvia Donati, personal & professional coach e leader coach.