Topo

Violência contra a mulher


Atriz protesta contra cineasta em Cannes: Pare a violência contra mulheres

Christophe Simon/AFP
Imagem: Christophe Simon/AFP

Da Universa

2019-05-20T15:26:20

20/05/2019 15h26

A atriz Sand Van Roy aproveitou sua passagem pelo tapete vermelho de Cannes para protestar, neste domingo (19).

Em meio as polêmicas envolvendo o francês Alain Delon, ela decidiu escrever nas costas a frase "Pare a violência contra as mulheres", seguida da hashtag #MeToo, em alusão ao movimento criado para discutir os casos de assédio sexual e estupro em Hollywood.

Christophe Simon/AFP
Imagem: Christophe Simon/AFP

Alain teria feito comentários recentes em que admite ter batido em mulheres. O francês foi um dos homenageados do festival com uma Palma de Ouro honorária. Por conta das declarações, uma petição com mais de 18 mil assinaturas circulou na Internet pedindo que a homenagem fosse retirada.

"A indústria usa a 'arte' como uma desculpa para se colocar acima da lei? ser indiferente é ser cúmplice", disse Sand, em entrevista à "Variety". Em função da polêmica, Salma Hayek chegou a cancelar sua aparição no festival.

Em 2018 Sand Van Roy processou o cineasta Luc Besson por estupro. Ela alega ter sido abusada sexualmente por ele em várias ocasiões. Além dela, outras oito mulheres fizeram denúncias contra o profissional.

Em fevereiro deste ano o caso foi arquivado em Paris. "O senhor Luc Besson ressalta sua satisfação pela decisão do procurador da República de arquivar as acusações da senhora Sand Van Roy, às quais sempre desmentiu formalmente", informou seu advogado, Thierry Marembert, em um comunicado enviado à imprensa.