Topo

Autoestima


Sobrevivente do câncer de mama transforma cicatrizes da mastectomia em arte

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Da Universa

2019-05-18T12:43:00

18/05/2019 12h43

Uma sobrevivente de câncer de mama cobriu com uma tatuagem épica as suas cicatrizes da mastectomia como tentativa para abraçar (e amar) o seu novo corpo.

Dois anos após sua mastectomia dupla, Wendy Dresner, 54 anos, decidiu que era hora de celebrar as suas cicatrizes e transformar seu corpo em uma obra de arte. Para isso, ela recorreu ao tatuador Louis Molloy, responsável por tatuar famosos como David Beckham.

A tatuagem de Wendy levou 24 horas para ser criada e ela já está pensando na que virá em seguida. Ela, inclusive, fez questão de capturar a transformação em um vídeo incrível -- a que você pode assistir abaixo.

Reprodução
Wendy Dresner e o marido Imagem: Reprodução

Wendy foi diagnosticada com câncer de mama duas vezes nos últimos dez anos. Após uma mastectomia dupla, em 2017, ela batalhou para recuperar sua confiança com o próprio corpo, uma vez que se sentia desconfortável com suas roupas e menos feminina sem os seios.

"Eu não vejo essas cicatrizes da mastectomia como algo que me envergonhasse. Quero abraçá-las. Queria recuperar meu corpo e redefinir minhas cicatrizes. No começo, eu odiava olhar para elas, e tentei escondê-las, mas agora eu só quero mostrá-las a quem quer que olhe! Não me arrependo ", diz ela ao "Metro".

O desenho escolhido por ela foi um lagarto acompanhado de várias flores, redemoinhos e lagartixas sobre seus ombros e costas. Para Wendy, suas tatuagens são um símbolo de força e uma celebração da vitória contra o câncer de mama não uma vez, mas duas vezes.

'Eu absolutamente adorei como minhas tatuagens ficaram e como elas estão evoluindo também. Esta é a minha maneira de celebrar e dizer: 'Olha, eu já passei por isso, estou do outro lado, sobrevivi a isso. Vamos lá, traga, o que vem depois?', complementou.

Reprodução
Imagem: Reprodução