Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Número de partos em SP cresce 52% entre as mulheres com mais de 40 anos

Getty Images/iStockphoto
Mulheres estão adiando a gravidez, aponta pesquisa Imagem: Getty Images/iStockphoto

Luiza Souto

Da Universa

2019-05-11T08:39:59

11/05/2019 08h39

Nos últimos dez anos, o número de partos em mulheres com mais de 40 anos deu um salto de 52%: foi de 15.396 em 2008 a 23.384 ano passado. O crescimento foi maior do que a quantidade de partos entre mães na faixa de 30 a 39 anos, que foi de 176.729 para 234.298 no mesmo período (33%). Os dados são da secretaria estadual da Saúde de São Paulo, divulgados com exclusividade neste sábado (11).

A coordenadora de Saúde da Mulher da pasta, Marisa Ferreira da Silva, analisa que esses números estão ligados diretamente ao contexto socioeconômico nos dias de hoje. "Atualmente, as mulheres planejam melhor para o momento da gravidez e, no geral, optam pela dedicação aos estudos e à carreira antes de engravidar", afirma.

Ela exemplifica com outros números: houve queda de 11% nos partos em mulheres de 20 a 29 anos. Em 2018, foram 279.344 procedimentos, 35.795 a menos em comparação a dez anos atrás (315.139). Diminuiu muito também o número de crianças nascidas de mulheres menores de 20 anos: em 2018 foram registrados 67.610 partos e, em 2008, 94.459 procedimentos (queda de 28%).

Sobre essa queda no número de partos entre as mais jovens, a coordenadora do Programa Saúde do Adolescente da Secretaria, Albertina Duarte Takiuti, diz que são resultado de políticas públicas adotadas no Estado como capacitação de profissionais no atendimento a esse público e a distribuição gratuita de preservativos e contraceptivos. Atualmente, São Paulo distribui uma média de 60 milhões de camisinhas masculinas e 2,7 milhões de preservativos femininos por ano, segundo a pasta.