Topo

Violência contra a mulher


Narrativa do estupro sofrido por Sansa em "Game of Thrones" gera polêmica

Reprodução/Divulgação
Imagem: Reprodução/Divulgação

Da Universa

2019-05-07T14:14:54

07/05/2019 14h14

Na última segunda-feira (6), Jessica Chastain usou seu Twitter para se manifestar contra uma narrativa criada no enredo de "Game of Thrones" sobre a personagem Sansa, interpretada por Sophie Turner.

[Esse texto contém spoilers]

Em uma das cenas, Sandor Clegane (Rory McCann) diz à Sansa que ela deveria ter partido com ele enquanto teve chance. Ao responder a frase, a personagem diz que "se tornou quem é hoje graças ao abuso sofrido nas mãos" de Ramsay Bolton e Littlefinger (Lord Baelish). Caso contrário, ela ainda seria uma "garotinha inocente".

Depois da transmissão do episódio, Jessica Chastain, que trabalhou com Sophie Turner em "X-Men: Fênix Negra", filme que será lançado ainda esse ano, manifestou seu repudio pela ideia de que a mulher precisa ser violentada para crescer.

"Estupro não é uma ferramenta para fazer uma personagem mais forte. Uma mulher não precisa ser vitimizada para se tornar uma borboleta. O pequeno pássaro sempre foi uma fênix. Sua força vem dela mesma. E somente dela", escreveu.

Vale lembrar que, em 2018, Jessica também usou o Twitter para falar sobre esse assunto, retratado constantemente em personagens femininas de Hollywood.

"Quando a violência contra as mulheres é usada como um enredo para tornar as personagens mais fortes, temos um problema. Não é empoderador ser espancada e estuprada, mas muitos filmes fazem disso o momento 'fênix' para as mulheres. Nós não precisamos de abuso para sermos poderosas. Já somos."

Nas redes sociais, o assunto gerou polêmica. Enquanto algumas pessoas culparam Jessica por sua "interpretação" do diálogo, outras pessoas mostraram estar incomodadas com a abordagem escolhida pelo roteirista da trama, Bryan Cogman.