menu
Topo

SPFW


SPFW

Ex-manicure estreia na SPFW: "Ser modelo é mais cansativo"

Gabriel Henrique e WAY Model
Aos 20 anos, Melissa Moreno vai estar no casting de Aluf e Amir Slama Imagem: Gabriel Henrique e WAY Model

Natália Eiras

Da Universa

2019-04-25T04:00:00

25/04/2019 04h00

Melissa Moreno começou a trabalhar aos 14 anos como manicure, profissão que herdou da mãe, Marisa. "Saía da escola e ia direto para o salão de beleza onde ela trabalhava, então aprendi olhando o que ela fazia", conta à Universa. O trabalho com alicates e esmaltes continuou até os 15 anos, quando ela se tornou designer de sobrancelhas. Mas Melissa tinha outro talento, recém-descoberto: desfilar.

De Salvador, a baiana, de 20 anos, lembra como foi a primeira mudança de rumo de sua carreira. "Eu sentia muita dor nas costas por causa da posição em que ficava, então parei de fazer unha e comecei a estudar design de sobrancelha", conta. Ela trabalhava redesenhando o formato das sobrancelhas de suas clientes quando foi notada por um olheiro de sua agência, a Way Model, no mês passado. "Eu já havia sido abordada algumas vezes, mas nunca tinha dado certo antes." Agora, faz sua estreia nas passarelas nos desfiles de marcas como Aluf e Amir Slama na São Paulo Fashion Week, evento que acontece até sábado (27).

Desde então, ela trocou o expediente de sete horas no salão de Salvador e os passeios com as amigas e o namorado, que ficou em sua cidade natal, pelos castings, preparações e provas de roupa. Agora ela toma cuidado redobrado com a alimentação e dormir bem é uma de suas preocupações. "Acordo muito mais cedo do que estava acostumada e durmo mais cedo também, para ter o sono bom e ficar com a pele boa. As profissões de manicure e modelo são cansativas, mas eu cansava menos no salão, porque exigia mais esforço somente das mãos", diz, rindo.

Gabriel Henrique e WAY Model
Ela começou a trabalhar em salão de beleza aos 14 anos, após aprender a profissão com a mãe Imagem: Gabriel Henrique e WAY Model

Apesar de ter que pular da cama logo pela manhã, Melissa agradece todos os dias por ter deixado no passado as dores nas costas após uma longa jornada de trabalho no salão. Porém, teve de aprender a lidar com decepções. "A parte mais difícil de ser modelo é saber ouvir 'sim' ou 'não' o tempo todo. E ficar em cima do salto por horas e horas", afirma.

No entanto, a baiana está feliz com a oportunidade de conhecer São Paulo e ter contato com pessoas diferentes. "É muito legal poder conhecer novos costumes", fala Melissa. A jovem ainda se lembra com carinho dos anos em que passou no salão. "Eu gostava de poder moldar rostos e transformar humores."

Em sua temporada na capital paulistana, ela pretende esbarrar com estrelas do cacife das tops Carol Trentini e Alessandra Ambrosio e trabalhar para continuar ajudando na casa de sua mãe. "Quero dar uma vida melhor para ela e suprir todas as necessidades que ela tiver. Meus objetivos são construir minha vida com meu namorado e focar na minha carreira, no meu trabalho. E evoluir sempre."