menu
Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Por que está todo mundo falando da Livraria Cultura na internet?

Luiza Sahd

Colaboração para Universa

2019-04-24T19:54:44

24/04/2019 19h54

No último domingo, uma reportagem sobre a crise no mercado editorial brasileiro colocou em foco o caso da Livraria Cultura, que vem fazendo sucessivos cortes de pessoal desde 2012 e, no último mês, teve um plano de recuperação judicial homologado. Na matéria que viralizou, três ex-funcionários da empresa que não quiseram ser identificados teriam cedido entrevistas contando sobre os assédio moral e abusos cometidos pela empresa nos últimos anos.

Os relatos trazem episódios que, se confirmados, provocariam calafrios em qualquer trabalhador honesto. Incluem acúmulo abusivo de funções, ameaças constantes vindas do RH, falsas promessas de benefícios, falta de estrutura para o desempenho de tarefas e um volume inacreditável de demissões por justa causa cuja causa não seria lá muito justa. Em poucas horas, #LivrariaCultura se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter e o debate cresceu.

Não demorou para que ex-funcionários da empresa compartilhassem, em seus próprios perfis, más experiências com a livraria nas redes sociais.

Até caso de assédio sexual apareceu.

Teve até autor de livro confirmando que a Livraria Cultura causou dor de cabeça também para editores e escritores.

E a questão dos sindicatps deixou uma galera de cabelo em pé.

As discussões sobre o trabalho no varejo, para além de livrarias, também trouxeram histórias assustadoras para a discussão.

Para os internautas, a reforma trabalhista também é um ponto central da questão nesse momento.

Teve piada também, porque nenhum tuiteiro é de ferro.

Até agora, a empresa não quis se manifestar sobre as acusações.

E teve, no fim das contas, a expressão de tudo o que sentimos se as suspeitas se confirmarem: